Queda de cabelo e alimentação: dicas da nutricionista Patricia Davidson para ter fios mais resistentes e saudáveis

A queda de cabelo pode acontecer por diversos motivos, e é ainda mais comum quando o organismo apresenta alguma carência nutricional. Veja a orientação da Nutricionista Patricia Davidson.

patricia-davidson

"Uma alimentação deficiente em nutrientes, principalmente proteínas, pode contribuir para um cabelo mais fraco, já que as proteínas equivalem a 97% da composição da fibra", explica a nutricionista Patricia Davidson. "A deficiência de alguns minerais e vitaminas também prejudica o crescimento e desenvolvimento dos fios", afirma. Por isso, segundo a expert, a nutrição capilar deve começar de dentro para fora.

 

Como muitas vezes a queda de cabelo está associada a um quadro de quebra, é importante ficar atenta aos dois fatores na hora de montar uma dieta que colabore para o fortalecimento e o crescimento dos fios. Segundo Patricia, alguns alimentos e nutrientes são estratégicos para manter a fibra capilar resistente e sedosa.

 

"As castanhas, nozes e avelãs são alimentos ricos em metionina, cisteina e a lisina. Já amêndoas e amendoins, além de terem estes aminoácidos, possuem também zinco", afirma. "Folhas verdes fornecem vitamina A e C, que ajudam os folículos pilosos a produzirem sebo, e também contêm ácido fólico (B9), biotina, cálcio, ferro e zinco. Abacate tem vitaminas A, C e E e é rico em vitaminas do complexo B, além de cobre e betacaroteno, que combate a ação dos radicais livres, evitando a queda e a perda de pigmentos que deixariam o cabelo grisalho. Já o feijão é uma grande fonte de proteína magra e também fornece grande quantidade de biotina, ferro e zinco", completa.

Além de incluir esses alimentos na rotina, também é necessário evitar algumas práticas que podem enfraquecer o cabelo. Beber pouca água no dia a dia, por exemplo, é um erro comum. "A água é importante em qualquer dieta. Dar ao seu corpo a hidratação necessária pela água potável regularmente não apenas vai melhorar o teor de umidade de seus cabelos como também a aparência do couro cabeludo", explica Patrícia. Ela lembra também que é preciso ter cuidado com bebidas alcoólicas. "O álcool é altamente pró inflamatório, o que pode prejudicar a absorção de nutrientes no intestino." Outra dica valiosa é incluir proteínas na dieta. "Pouca proteína deixa o fio seco, quebradiço e fraco, e deficiências extremas podem causar perda de cabelo." Por fim, lembre-se de reduzir o consumo de carboidratos refinados, embutidos e alimentos ultra processados.

Em alguns casos, os nutricionistas e nutrólogos podem recomendar o consumo de suplementos para complementar a dieta e aprimorar a saúde e a aparência dos cabelos, de acordo com a necessidade. "Gosto bastante de usar biotina, vitamina E, vitamina C, ferro, silício orgânico, aminoácidos essenciais e o próprio colágeno", conta Patrícia. "No entanto, isso precisa ser avaliado e prescrito por profissionais capacitados." Por isso, é fundamental contar com a orientação de experts no tratamento contra a queda. Cuidando da fibra capilar de dentro para fora e usando bons produtos para tratar os fios, você conseguirá manter os cabelos fortes, sedosos e saudáveis da raiz às pontas.

Veja mais dicas da nutricionista Patricia Davidson em seu Instagram. Clique aqui.

Cuide da sua queda capilar com Genesis